Tags

, , , , ,

Será que só eu que acho que não devemos comentar esses factóides (principalmente do sociopata de Curitiba) para não aumentar a audiência e mantê-lo vivo na memória? Temos que deixá-los no ostracismo!

Não adianta registrar nossa indignação baseada em nossos valores (honestidade, verdade, lastro moral, etc.). Eles riem disso, pois para eles, os fins justificam os meios!

Paremos de responder ao “apito de cachorro”! Ele nos transforma em “patinhos”. O façamos apenas quando for necessário.

Inteligência se combate com inteligência, não com guerra de bravatas.