Tags

, , , , , , , , ,

Eu já tive o hábito de divulgar listas de políticos que votaram contra a vontade da maioria da população brasileira, até que me questionei: será que vale a pena? Minha conclusão é: não.

Com frequência surgem novos escândalos e esquecemos das listas em questão (alguém ainda tem a dos que aprovaram o orçamento do Governo Dilma, que votaram contra a diminuição da maioridade penal, entre inúmeras outras?).

Observe que políticos de 30 anos atrás eram diferentes, mas os problemas potencializaram. De nada adianta trocar as peças e o jogo continuar o mesmo! A renovação dos políticos, não reelegendo, é condição necessária, mas não suficiente.

Até quando vamos fingir que a origem de nossos problemas não está no tamanho e poder que outorgamos ao Estado? Devemos escolher candidatos que defendam projetos de diminuição do tamanho e poder que atribuímos ao Estado, assim como sua centralização! Nosso foco deve ser em uma reforma política que diminua o tamanho, descentralize e diminua o Estado, caso contrário, continuaremos enxugando gelo…

(Francisco Teodorico, 2016)