Tags

,

• Não tenham medo de ser firmes comigo. Prefiro assim. Isso faz com que eu me sinta mais seguro.
• Não me estraguem. Sei que não devo ter tudo que peço. Só estou experimentando vocês.
• Não deixe que eu adquira maus hábitos. Dependo de vocês para saber o que é certo ou errado.
• Não me corrijam com raiva nem o façam na presença de estranhos. Aprendo muito mais se falarem com calma e em particular.
• Não me protejam das conseqüências dos meus erros. Às vezes, eu preciso aprender pelo caminho mais áspero.
• Não levem muito a sério as minhas pequenas dores. Necessito delas para obter a atenção que desejo.
• Não sejam irritantes ao me corrigir; se assim fizerem, eu provavelmente farei o contrário do que pedem.
• Não façam promessas que não poderão cumprir, lembrem-se de que isso me deixará profundamente despontado.
• Não ponham muito à prova a minha honestidade. Sou facilmente tentado a dizer mentiras.
• Não me mostrem Deus carrancudo e vingativo; isso me afastará Dele.
• Não desconversem quando faço perguntas, senão procurarei na rua as respostas que não tive em casa.
• Não me mostrem pessoas perfeitas e infalíveis. Ficarei muito chocado quando descobrir algum erro delas.
• Não digam que não conseguem me controlar. Eu julgarei que sou mais forte que vocês.
• Não digam que meus termos são bobos, e sim, me ajudem a compreendê-los.
• Não me tratem como pessoa sem personalidade. Lembrem-se de que tenho meu jeito de ser.
• Não me apontem continuamente os defeitos das pessoas que me cercam. Isso criará em mim em espírito intolerante.
• Não se esqueçam de que eu gosto de experimentar as coisas por mim mesmo. Não queiram me ensinar tudo.
• Nunca desistam de ensinar o bem, mesmo que eu pareça não estar aprendendo. No futuro, vocês verão em mim um fruto daquilo que plantaram.

Muito obrigado, papai, mamãe, por tudo o que vocês fizeram por mim!

(Autor desconhecido)

Anúncios