Tags

,

Eu conheço tua estrada
cada passo que darás
teus desejos calados, teus vazios
pedras que afastarás sem jamais
pensar que eu,
como uma rocha,
volto sempre para você.
Eu conheço tua respiração
tudo o que você não quer
você sabe bem o que você está vivendo
não é vida, mas não quer reconhecer
só se o céu, este céu em chamas
desabasse sobre mim
como um cenário caindo sobre um ator
Por amor
você já fez alguma coisa apenas por amor?
Já desafiou o vento e gritou?
Já dividiu o próprio coração?
Já pagou e apostou várias vezes nessa mania
que afinal, segue sendo só minha…
Por amor, você já correu até ficar sem fôlego?
Por amor, já se perdeu e se reencontrou?
e tem de me dizer agora
quanto de você colocou nesta estória
o quanto acreditou nesta mentira…
Só se um rio se levantasse dentro de mim
como uma enchente
como o nanquim da pena de um pintor
Por amor
você já esgotou sua razão?
teu orgulho até o pranto?
Você sabe, esta noite eu fico
mesmo sem nenhum pretexto
apenas essa mania
que ainda é forte e minha
dentro desta alma que você dilacera
e eu te digo agora, com sinceridade
quanto me custa não te saber meu
é como se esse mar todo
se afogasse em mim…

Anúncios