Tags

, ,

LENTES DE CONTATO PARA GALINHAS
Isaltino Gomes Coelho Filho

Em Massachussets, Estados Unidos, uma empresa vai lançar lentes de contato de cor roxa para os granjeiros colocarem nas galinhas. Sob os efeitos desta cor, as galinhas não se bicarão, comerão menos e botarão mais ovos.

Fiquei intrigado: como colocarão as lentes de contato nas galinhas? E como as galinhas tirarão as lentes quando a visão embaçar? Elas saberão usar soro fisiológico para lavar as lentes? Mas tirando a brincadeira, há dois aspectos seriíssimos a observar aqui: a ganância humana e a manipulação de seres vivo com fins econômicos.

O ser humano tem desrespeitado o próximo, a natureza e os animais. Sua preocupação é o lucro e não o bem-estar da sociedade e do mundo. Então, que se diminua a comida dos animais e se espere deles mais produção. Entre os humanos, a ordem é mais produção com menos salário. Nisto, as empresas brasileiras são especialistas.

Manipular as características de um animal para ele produzir mais é violentar a natureza. É também perigoso. Abre-se a porta para manipular pessoas. Amanhã poderão manipular humanos para produzir mais. Ou, se a produção é o valor último, eliminar os que não produzem e apenas consomem. Hitler fez isso. Mandou matar os mendigos e doentes mentais. Isso é que se chama de darwinismo social: só sobrevivem os mais aptos. Nada de misericórdia com os que não podem ser úteis à economia, estatal ou privada.

O progresso é bom e necessário, mas não deve ser conseguido às custas do sacrifício de valores morais que sustentam a sociedade humana há séculos. A perda de referenciais morais não pode ser suprida por bens. É ruinosa para qualquer grupo social. Bens não são valores últimos. A dignidade intrínseca do homem, sim.

Dois princípios bíblicos devem ser lembrados. Um é o que ensina que nem só de pão viverá o homem. Nem tudo pode se subordinar ao lucro e à prosperidade. Outro é o que ensina que o homem é a coroa da criação. A palavra de Jesus ao homem da mão atrofiada, em Marcos 3.3, é bem rica: “Levanta-te e vem para o meio”. Jesus pôs o homem no meio de suas preocupações embora alguns ensinos religiosos coloquem conceitos e instituições no meios e as pessoas na periferia. As pessoas são o que há de mais valores sobre a face da terra. Manipular galinhas pode ser o ponto de partida para manipular pessoas, até mesmo geneticamente, para que sejam úteis na produção. Poderemos ter um pesadelo como o da sociedade nazista imaginada no romance de Levin, Os meninos do Brasil.

Lentes de contato para galinhas não é engraçado. É perigoso.

(Fonte: Vida.net)

Anúncios