Tags

, , , ,

SOFRIMENTO
(Traduzido e adaptado por Hedy Silvado)

Em nosso mundo de dor, onde está Deus? Se Ele é bom e compassivo, por que a vida é tão trágica às vezes? Será que Ele perdeu o controle? Ou, se Ele está no controle, o que Ele está tentando fazer a mim e aos outros?

Algumas pessoas escolhem negar a existência de Deus porque eles não podem imaginar um Deus que permitiria tanta miséria. Alguns crêem que Deus existe, mas eles não querem nada com Ele porque eles não acham que Ele seja bom. Outros agarram-se tenazmente a crença de que há um Deus, todo poderoso, sábio e amoroso que de alguma forma usa “o que vem de ruim” para o nosso bem.

Na Bíblia Deus nos assegura que Ele tem tudo sob seu controle, mas que às vezes Ele deixa que sejamos alvos de pessoas ruins, genes deficientes, perigosos vírus ou de catástrofes. Por que Deus permite que o sofrimento e a dor assolem nosso mundo? Há várias razões segundo a Bíblia:

Para nos Alertar. Imagine um mundo sem dor física. À primeira vista parece ser algo muitíssimo bom. Não haveria mais dor-de-cabeça, enjôo de estômago, mas também não haveria mais a sensação que nos alerta para um ligamento rompido ou um osso quebrado. Por mais que abominemos a dor, temos que admitir que ela tem um bom propósito; ela nos avisa quando algo não está bem. Para nos Dirigir. Quando uma pessoa se afasta de Deus, normalmente a justificativa é o sofrimento. Mas para nosso assombro também é o sofrimento que ganha o crédito quando alguém redireciona sua vida e cresce no relacionamento com Deus. O sofrimento tem seu jeito de nos mostrar quão fracos os nosso recursos realmente são, e de nos forçar a avaliar o rumo da nossa vida.

Nós podemos escolher nos desesperar, nos concentrando nos problemas, ou podemos escolher ter esperança reconhecendo que Deus tem um plano a longo prazo para nós.
Para nos Moldar.

Quando confiamos em Cristo como nosso Salvador, Deus não faz “um passe de mágica” e nos torna perfeitos. Mas Ele remove o castigo que merecemos pelo pecado e nos coloca na estrada que leva ao Céu. A vida se torna um tempo de “modelagem” (você já viu um artesão trabalhando o barro na roda?), de desenvolvimento do caráter à medida que aprendemos mais sobre Deus e sobre como devemos ser para agradá-lo.

O sofrimento nos faz lidar com as questões mais profundas da vida e fazendo isto, nos crescemos e amadurecemos. Se você é como eu, deve estar “doido” para encontrar a resposta a respeito do sofrimento. Tenha paciência. É como montar um quebra-cabeças. Deus nos dá algumas peças para nos ajudar a confiar nele mesmo quando não temos todas as informações que gostaríamos. E melhor ainda, Ele se oferece como solução (sabe aquela última peça do quebra-cabeça?).

Ele ainda governa o Universo e se importa conosco como indivíduos. Se sabemos que podemos confiar Nele, não precisamos de todas as explicações do mundo.

(Fonte: Vida.net)

Anúncios