Tags

“Já não sou quem fui (…) sou o que procuro ser. Estou borboleta, com asas ainda por colorir.”
(Alexandra Maia, via ‏@Literatuitando)

Anúncios