Tags

CURIOSIDADES SOBRE A PÁSCOA

Há muitas versões, mas, seu significado universal, independente de credo e origem tem a ver com o fenômeno da vida e é através desta tradição que atravessa séculos, que o ovo passou a simbolizar esta festa, como a origem da vida e do homem.

A palavra “Páscoa” é de origem hebraica (Pessach) e significa passagem. Ela já era celebrada pelos judeus antes mesmo do nascimento de Jesus Cristo, que comemoram este dia com sentido de liberdade, após a escravidão no Egito.

Em contrapartida, para nós cristãos a Páscoa tem um significado especial e diferente, pois celebra o renascimento de Jesus Cristo e sua ascensão ao céu, dois dias depois da morte na cruz (sexta-feira santa).

Para os povos nórdicos, não com um sentido religioso, mas como manifestação de gratidão à terra pelas colheitas e homenagem à primavera que se aproxima, nesta época, naquela região, a Páscoa seria uma festa pela prosperidade e pela vida, consubstanciada na íntima união entre o homem e a terra.

O costume dos ovos de Páscoa para os povos ocidentais teria sido trazido por missionários que visitaram a China, onde há muitos séculos já existia o hábito de se presentear os amigos com ovos de pata ou galinha cozidos e coloridos, na Festa da Primavera do hemisfério norte, justo na época em que se comemora a Páscoa.

Mas foi na idade média que o ovo enfeitado juntamente com a imagem do coelhinho, que representa a fertilidade, passou a simbolizar a data.

No século XVIII, a igreja adotou oficialmente o ovo como símbolo da ressurreição de Cristo, santificando então, um costume originalmente pagão.

Durante algum tempo os ovos foram feitos de açúcar e enfeitados, mas, com a industrialização do chocolate em 1778, quando o francês Doret desenvolveu máquinas para moer, misturar e aglomerar a massa de cacau, surge a primeira fábrica de chocolate, na Suíça. A partir de 1830, considerado fonte de alimento de alto valor nutritivo e energético, também os ovos de Páscoa começaram a ser feitos de chocolate.

Anúncios