Tags

, , , ,

“O Concílio Vaticano II indica três critérios para uma interpretação da Escritura conforme o Espírito inspirou:

  1. Prestar muita atenção ‘ao conteúdo e à unidade da Escritura inteira’. Pois, por mais diferentes que sejam os livros que a compõem, a Escritura é una em razão da unidade do projeto de Deus, do qual Cristo Jesus é o centro e o coração, aberto depois de sua Páscoa.

O coração de Cristo designa a Sagrada Escritura, que dá a conhecer o coração de Cristo. O coração estava fechado antes da Paixão, pois a Escritura era obscura. Mas a Escritura foi aberta após a Paixão, pois os que a partir daí têm a compreensão dela consideram e discernem de que maneira as profecias devem ser interpretadas.” (CIC 111-112)

Anúncios