Tags

, ,

“Tão bom morrer de amor… e continuar vivendo.”
(Mário Quintana, via @PensadoresFalam)

Anúncios