Tags

, , ,

(Atualizado em 04Dez2014, 10h45)

Segue uma cópia do email enviado ao atendente (assessor do Senador Aécio Neves, tucano@psdb.org.br) alocado para receber denúncias sobre os indícios de fraudes nas eleições de 2014.

Envie você também o seu email com denúncias que colher na internet ou outras fontes que possam ser comprovadas e incentive seus amigos a fazê-lo!

Organize ou colabore em sua cidade com passeatas pró-Impeachment da Dilma, antes que seja tarde demais para nós como já é para Venezuela, Cuba, Argentina, Equador, Bolívia, Uruguai, etc. Não basta mais apenas se indignar, é preciso agir!

***INÍCIO DO EMAIL***

Ribeirão Preto, 1º de Novembro de 2014

Prezado atendente,

Conforme indicado, envio este email com algumas situações que, devidamente investigadas podem ser formalizadas como provas que fundamentam nossa suspeita de fraudes nas eleições.

Smartmatic
“Por que a Smartmatic, empresa venezuelana foi escolhida em 2012, entre inúmeras existentes no Brasil, depois de ter fraudado todas as eleições na Venezuela, nas Filipinas, tentou fraudar em Chicago (e banida dos EUA), Bolívia, Nicarágua, Equador, ou seja, em países que têm ditadores vitalícios!

(…)

Observe os Estados que a Smartmatic ficou responsável pela chave de criptografia do TSE: MG, PE, RJ, é suspeito, ou não?
É o mesmo que dar a chave ao ladrão de banco para tomar conta do mesmo! O que faz a Smartmatic dentro do TSE? Sua presença já é fraude, transformando o TSE numa organização criminosa!

(…)

O Brasil está ocupado por uma organização criminosa (Foro de S. Paulo).” (texto transcrito do vídeo a seguir)

Será que só eu acho estranho que tantos “camaradas” soubessem com antecedência o resultado das urnas que ninguém poderia prever? O Ministério Público Federal não toma providências com as fartas provas expostas por qual motivo?

Partido de Extrema Esquerda da Guatemala, integrante do Foro de São Paulo dá parabéns aos companheiros Lula e Dilma pela vitória eleitoral – três dias antes da eleição!

Petistas sabiam de resultado final antes de Dilma passar Aécio. E querem que eleitor não desconfie do TSE e de Dias Toffolli?
(Denúncias gravíssimas com provas no artigo)
http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2014/10/31/petistas-sabiam-resultado-final-antes-de-dilma-passar-aecio-e-querem-que-eleitor-nao-desconfie-do-tse-de-dias-toffoli/

Segurança da Urna Eletrônica
(com Prof. Diego Aranha, áudio)

http://www.segurancalegal.com/2014/08/episodio-55-seguranca-da-urna-eletronica.html

Escândalo dos Correios (MG)
A utilização dos Correios, em MG, com provas amplamente divulgadas em vídeo da ação (carteiros distribuindo panfletos petistas) e agradecimentos (representantes do PT, também em vídeo, à diretoria dos Correios, pelo empenho) não caracterizariam, já no 1º turno, motivos suficientes para a cassação da candidatura petista? Essa é minha primeira dúvida jurídica (não sou advogado).Seguem agora algumas evidências que recebi pela internet:

O jornal oficial da ditadura cubana, o Granma, publicava no dia seguinte que a “Reeleição de Rousseff avaliza a sucessão de mudanças no Brasil”, para a qual os Castros contribuíram enormemente com seus mais de 13 mil espiões disfarçados de médicos.
Nunca viu-se em lugar algum, exceto na Venezuela, apurações de votos em sala fechada com apenas 23 eleitos, sem que os eleitores tivessem conhecimento dos números parciais do escrutínio. Ninguém, exceto esses escolhidos, conheceu o que de fato se passou naquela apuração. Algumas perguntas se impõem: quem eram essas pessoas, únicas a ter acesso à apuração, e quem as escolheu? Por que foi proibido divulgar os resultados parciais e o que se temia previamente? Por que escolher 23 funcionários do STE para participar do escrutínio e não outras pessoas? Delegados de partidos sempre tiveram o direito garantido por lei de acompanhar a apuração mas, desta vez, sob o comando do petista Dias Toffoli não foi permitido.

Em vídeo publicado pelo G1, o repórter informa que às 17:15 h., quando começou a apuração, Aécio Neves aparecia com 62,71% dos votos contra 37,29% de Dilma. A vantagem se mantinha até às 19:32 h., onde Aécio Neves aparecia com 50,05% e Dilma com 49,95%. Meia hora mais tarde é oficialmente anunciado que dona Dilma venceu as eleições com quase 52% dos votos válidos. Milagre como esse só se viu na Venezuela, de Chávez e Maduro, com a diferença de que lá a oposição pôde pedir uma auditoria nos resultados – embora tenha sido aceita pelo usurpador Maduro e depois negada -, uma vez que, além do voto eletrônico há o registro em papel, o que não ocorre aqui, cujas urnas são inauditáveis e as atas destruídas após o anúncio do resultado. E tudo isto nos dá SIM o direito de duvidar da lisura e transparência das apurações.

Jornalista vai votar e não consegue porque já tinham votado por ela!
https://www.youtube.com/watch?v=CvohKh_uwN4

Há inúmeros relatos como este, que corroboram com a imagem (denúncia de suspeita) que vem a seguir.

O esquema da fraude
https://dl.dropboxusercontent.com/u/47978980/Elei%C3%A7%C3%B5es%202014%20-%20O%20esquema%20da%20fraude.jpg

Observe o próximo vídeo (ocorrido em Goiânia) e o item 4 da figura “O esquema da fraude”, aqui também está caracterizada mais uma irregularidade!

Goiânia
https://www.youtube.com/watch?v=lvoK1_Fu8C8

“O episódio, por si, prova que há fraude? Não! Mas não venha o doutor Noronha afirmar que aí está a evidência de que o sistema é seguro. Como se vê, não é. O pen drive de uma urna pode ir parar no lixo. Pergunto: existe algum registro da Justiça Eleitoral em Goiás sobre o sumiço do material? Não fosse o “Auto de Apreensão” da Polícia Federal e a denúncia feita, teríamos como saber do ocorrido? E que se note, hein: a afirmação é que se rodou um novo pen drive e se registraram os votos que estavam nas urnas. Os que justificaram votos, no entanto, seriam prejudicados. Pergunto de novo: existe o documento, na Justiça Eleitoral, acusando o sumiço do malote?” (Reinaldo Azevedo, http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/)

Outro indício de irregularidade nas urnas, que juntamente com as inúmeras denúncias de eleitores que foram votar e já tinham sido computados seus votos pode ser visto neste vídeo:

Urna computando votos sozinha
https://www.youtube.com/watch?v=TNnPMHfNF1c

Os números da seção não coincidem com os oficiais do TSE, conforme averiguado pelo aplicativo Você Fiscal, do notório Professor da UnB, Diego Aranha, que alertou que as urnas eletrônicas são fraudáveis e mesmo assim o Presidente do TSE, Dias Toffolli, não autorizou os testes públicos das mesmas!

Arquivo da tag da urna eletrônica
Aqui há um farto material comprovando fraudes, entre os relatórios oficiais publicados nas seções eleitorais e os resultados da mesma publicados no site do TSE há divergência de dados, assim como vídeo mostrando a dificuldade de votar no 45!!!! Veja e comprove.
http://portrazdamidiainternacional.blogspot.com.br/2014/10/arquivo-da-tag-urna-eletronica.html

A Resolução do TSE que dá poderes absolutos e levanta suspeitas sobre a apuração:

Resolução de Toffolli lhe dá poderes de NÃO divulgar o resultado da eleição presidencial!
(…)
CAPÍTULO VI

DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

Art. 210. Na divulgação dos resultados parciais ou totais das eleições, pela Justiça Eleitoral, deverá ser utilizado o sistema fornecido pelo Tribunal Superior Eleitoral:

(…)

§ 2º Os resultados das votações para todos os cargos, incluindo os votos em branco, os nulos e as abstenções, serão divulgados na abrangência estadual e distrital, e para o cargo de Presidente da República, serão também divulgados na abrangência nacional, observado o seguinte:

(…)

IV – é facultado à Presidência do Tribunal Superior Eleitoral suspender a divulgação dos resultados da eleição para o cargo de Presidente da República a qualquer momento.

Observação: eu gostaria de saber se as atribuições do cargo dão um poder tão grande assim ao Presidente do TSE. Como não sou especialista na área, muito menos advogado, fico em dúvida se não é uma medida “venezuelana”.

http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2014/normas-e-documentacoes/resolucao-no-23.399

http://www.folhapolitica.org/2014/10/resolucao-do-tse-para-as-eleicoes-deste.html

Outro indício de fraude, com a zerésima adulterada (sugiro que algum especialista em imagens investigue se não é montagem) e vias posteriores de relatórios com dados divergentes:

Zerésima adulterada
https://dl.dropboxusercontent.com/u/47978980/Elei%C3%A7%C3%B5es%202014%20-%20Zer%C3%A9sima%20com%20fraude.jpg

Vias posteriores com dados divergentes em diversas urnas
https://dl.dropboxusercontent.com/u/47978980/Elei%C3%A7%C3%B5es%202014%20-%20Relat%C3%B3rios%20divergentes.jpg

Coação de beneficiários (também feita via carro de som!)
https://dl.dropboxusercontent.com/u/47978980/Elei%C3%A7%C3%B5es%202014%20-%20Coa%C3%A7%C3%A3o%20de%20Benefici%C3%A1rios%20do%20Governo.jpg

O gráfico (apresentado em telejornal da Rede Globo de Televisão e publicado no site G1) que comprova cientificamente através da anomalia que houve fraude na computação dos votos (sugiro que maiores informações sejam obtidas através de consulta a um especialista da área):

Gráfico com anomalia que caracteriza fraude na “contagem” dos votos
https://dl.dropboxusercontent.com/u/47978980/Elei%C3%A7%C3%B5es%202014%20-%20Gr%C3%A1fico%20an%C3%B4malo%20da%20apura%C3%A7%C3%A3o%20Elei%C3%A7%C3%B5es%20Presidenciais%202014.png

Gostaria também de saber se há a possibilidade de algum instituto fazer uma votação simbólica sem interferência do Governo para compararmos os resultados das urnas com o obtido nesta. Seria mais um indício de que essas eleições não foram honestas, como uma parte significativa da população desconfia contundentemente.

Até o momento foram os indícios que pude filtrar. Espero que sejam úteis e coloco-me à disposição para o esclarecimento de qualquer dúvida.

P.S. – Por gentileza, confirme o recebimento deste email

Att,

Prof. Francisco Teodorico Pires de Souza
Twitter: @Teodorico1967
Facebook/LinkedIn/Google+: Francisco Teodorico
Skype: teodorico1967

***FIM DO EMAIL***

Outros fatos que sustentam a suspeita de fraudes nas urnas foi a denúncia do notório Prof. da UnB, especialista em Segurança, sobre as urnas serem fraudáveis e ainda assim, o Presidente do TSE, Dias Toffolli, conforme podemos verificar facilmente na web:

Sobre o “Inserator”, programa encontrado no sistema de votação do TSE
http://www.cic.unb.br/~rezende/trabs/entrevistaINFO2.html

Especialista e professor da UnB, Diego Aranha diz que urna eletrônica é insegura
https://www.youtube.com/watch?v=NHh_MZnBfCE

UnB quebra sigilo de urna eletrônica em testes organizados pelo TSE
http://www.unb.br/noticias/unbagencia/unbagencia.php?id=6375

Conheça melhor o Você Fiscal e descubra como tornar as eleições deste ano mais limpas e transparentes.
http://padrepauloricardo.us1.list-manage.com/track/click?u=c25d5645c5ebe4f6b7148f667&id=eb13fdc6e9&e=3ef92b0c6f

Prof. Diego Aranha explica urna eletrônica em Q&A técnico para programadores, pesquisadores e tec…
https://www.youtube.com/watch?v=3bWKLtcdGQI

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática
https://www.youtube.com/watch?v=5NAQbIJHh3c

Confiabilidade das urnas eletrônicas. Mas será que adianta falar?
https://www.youtube.com/watch?v=HRCgNlFtAHc&hd=1 ou
https://www.youtube.com/watch?v=HRCgNlFtAHc#t=216

Comprovado! As Urnas Eletrônicas não são confiáveis!
http://mais.uol.com.br/view/h271v1ay8nim/comprovado–as-urnas-eletronicas-nao-sao-confiaveis-04028D193472D0A14326?types=A&

Mentiras e fraudes sobre URNA ELETRONICA brasileira (Reportagem da Band)
https://www.youtube.com/watch?v=1GKkNR9fdX0

Professor Doutor da UnB diz que fraudes nas urnas eletrônicas é “plausível e muito séria”; veja entrevista completa
http://www.folhapolitica.org/2014/01/professor-doutor-da-unb-diz-que-fraude.html

Cito aqui também as palavras do também notório e conhecido mundialmente, Prof. Olavo de Carvalho:

“Se a recontagem de votos é impossível e a garantia única da lisura das eleições é a palavra do sr. Toffoli, este deve ser pessoalmente responsabilizado, na Justiça, por QUALQUER fraude ocorrida durante a votação. Se só ele e seus assessores têm o controle, é deles toda a responsabilidade e toda a culpa. Se você descobre fraude EM UMA ÚNICA zona eleitoral, não adianta tentar impugnar os votos dessa zona em particular: é preciso processar o controlador absoluto de todas as urnas.

Desmascarar o Toffoli é condição preliminar indispensável de qualquer coisa que se pretenda fazer contra Dilma Rousseff.

Por favor, acordem. CADA UM que descubra uma fraude, ainda que numa só urna, abra imediatamente um processo contra o TSE, pois ninguém fora dele tem acesso aos dados da votação. O Toffoli é culpado de CADA fraude, mesmo ocorrida nas regiões mais distantes.

Não quiseram concentrar nas mãos do Toffoli todo o poder sobre o processo eleitoral? Então que arque também com a total responsabilidade.

Justiça não se pede, muito menos se implora. Justiça SE EXIGE, principalmente dos que se omitem em praticá-la embora sejam pagos para isso. Parem com essa choradeira de que “não confiamos mais na Justiça”. Não é preciso confiar nela. É preciso forçá-la a trabalhar.” (Olavo de Carvalho)

Finalizando, em Fevereiro de 2014, a disciplina do meu curso de MBA, na USP foi Segurança e Auditoria na Internet e abordei o assunto.

Perguntei se o sistema era inseguro mesmo e se o Brasil não conseguiu comercializa-lo com nenhum outro país devido a esse problema. Minhas suspeitas foram confirmadas. A resposta foi positiva.

A justificativa veio através de um teste feito com um grupo de analistas que foram colocados numa sala fechada, sem celular ou nenhum equipamento tecnológico que pudessem ter acesso à internet ou outro recurso qualquer. O objetivo era em 60 minutos descobrirem quem tinha votado naquela urna (foram inseridos 10 eleitores fictícios, assim como seus votos).

Em 20 minutos, um deles, ao analisar a zerézima, descobriu uma falha gravíssima do sistema: a primeira linha gerava a data e hora do sistema e agora, pasme: a segunda linha gerava um número randômico que serviria como chave para criptografar os dados e adivinha qual era a semente? A data e hora do sistema!

Com isso em mãos, ele decifrou os dados, e não apenas indicou quem eram os eleitores, mas também em quem tinham votado!!! Ou seja, o sistema pode ser facilmente fraudado e votos alterados!

Outra evidência que ficou registrada foi na segunda eleição do Lula, quando o Ministro do STF, Marco Aurélio de Melo, em reportagem publicada pela Revista Veja, afirmou categoricamente que havia fortes indícios de fraudes nas urnas eletrônicas. Há de convir comigo que não é uma acusação feita por uma pessoa qualquer que não mereça uma atenção especial.

Como se não bastasse, no YouTube você encontra depoimentos de candidatos que não tiveram seus próprios votos computados em sua seção! Nem de seus familiares.

A proximidade do partido, que ora ocupa o Governo Federal, com o crime organizado e todas essas evidências são suficientes para que tiremos as conclusões…

Leia mais em:
Urna, sua falsa, http://urnasuafalsa.net/
Calendário de Escândalos, http://calendariodeescandalos.com.br/
Fraude Urnas Eletrônicashttp://www.fraudeurnaseletronicas.com.br/

Leia também:

https://reflexoeseutopias.wordpress.com/2014/10/30/comportamento-tipico-dos-socialistas/

https://reflexoeseutopias.wordpress.com/2014/10/28/a-morte-do-sapo/

https://reflexoeseutopias.wordpress.com/2014/10/27/crise-moral/

Anúncios